domingo, 13 de fevereiro de 2011

Declarações de amor no cinema

Uma das magias do cinema é o seu poder de capturar falas que ficam cristalizadas em nossa memória. Continuando na mesma levada romântica do último post, fiz uma seleção das declarações de amor que mais me deixaram com um sorriso bobo, me fizeram chorar, ou mesmo invejar o sortudo ou sortuda digno(a) de tais honrarias. Escolhi oito cenas, de filmes e épocas diferentes, que são representativas para mim... algumas podem parecer piegas, mas atire a primeira pedra quem não o é quando está apaixonado. Vejam a cena, o texto original e a versão em português!

1 - Harry e Sally - Feitos um para o outro (1989)

Billy Crystal não é nenhum galã de cinema, mas faz uma das melhores declarações que eu já vi... neste filme que é uma pérola da comédia romântica.

 

"I love that you get cold when it's 71 degrees out. I love that it takes you an hour and a half to order a sandwich. I love that you get a little crinkle above your nose when you're looking at me like I'm nuts. I love that after I spend the day with you, I can still smell your perfume on my clothes. And I love that you are the last person I want to talk to before I go to sleep at night. And it's not because I'm lonely, and it's not because it's New Year's Eve. I came here tonight because when you realize you want to spend the rest of your life with somebody, you want the rest of your life to start as soon as possible."

"Eu amo que você sinta frio quando está fazendo 21º lá fora. Amo que você leve uma hora e meia para escolher um sanduíche. Eu amo a ruguinha que você faz no nariz quando está olhando pra mim como se eu fosse maluco. Amo que, depois de ter passado o dia com você, eu possa continuar sentindo o seu perfume nas minhas roupas. E amo que você seja a última pessoa com quem eu quero falar antes de dormir à noite. E não é porque estou sozinho, e nem porque é noite de ano novo. Eu vim aqui esta noite porque quando você descobre que quer passar o resto da sua vida com alguém, você deseja que o resto de sua vida comece o mais rápido possível."

2 - Núpcias de escândalo (1940)

James Stewart ganhou o Oscar por esta declaração de amor 'cheia de vida' a Katharine Hepburn! 

video



"A magnificence that comes out of your eyes, in your voice, in the way you stand there, in the way you walk. You're lit from within, Tracy. You've got fires banked down in you, hearth-fires and holocausts. [...]
No, you're made out of flesh and blood. That's the blank, unholy surprise of it. You're the golden girl, Tracy. Full of life and warmth and delight."
"Uma magnificência que sai dos seus olhos, está em sua voz, na forma em que você está aí parada, no jeito que você anda. Você tem uma luz que vem de dentro, Tracy. Você tem fogos armazenados dentro de você, vulcões e holocaustos. [...] Não, você é feita de carne e sangue. Esta é a questão, a ímpia surpresa de tudo isso. Você é a garota dourada, Tracy. Cheia de vida e calor e prazer."

3 - 10 coisas que eu odeio em você - 1999

Um poema/declaração de amor (ou de ódio) de uma adolescente, em um dos melhores filmes sobre adolescentes... com uma tocante interpretação de Julia Stiles.

 

"I hate the way you talk to me, and the way you cut your hair. I hate the way you drive my car. I hate it when you stare. I hate your big dumb combat boots, and the way you read my mind. I hate you so much it makes me sick; it even makes me rhyme. I hate it, I hate the way you're always right. I hate it when you lie. I hate it when you make me laugh, even worse when you make me cry. I hate it when you're not around, and the fact that you didn't call. But mostly I hate the way I don't hate you. Not even close, not even a little bit, not even at all."

"Odeio o modo como fala comigo
E como corta o cabelo
Odeio como dirige o meu carro
E odeio o seu desleixo
Odeio suas enormes botas de combate
E como consegue ler minha mente
Eu odeio tanto isso em você
Que até me sinto doente
Odeio como está sempre certo
E odeio quando você mente
Odeio quando me faz rir muito
Ainda mais quando me faz chorar...
Odeio quando não está por perto
E o fato de não me ligar
Mas eu odeio principalmente
Não conseguir te odiar
Nem um pouco
Nem mesmo por um segundo
Nem mesmo só por te odiar"
4 - Um lugar chamado Nothing Hill - 1999

Julia Roberts corta o meu coração com esta frase. Hugh Grant diz que seria melhor se os dois não ficassem juntos por causa da fama da personagem e ela diz...


"And don't forget it: I'm also just a girl, standing in front of a boy, asking him to love her."

"E não se esqueça disto: eu também sou apenas uma menina, na frente de um menino, pedindo para ele amá-la."

5 - Simplesmente amor - 2003

Uma declaração de amor irresistível, original e triste...

video

"With any luck, by next year - I'll be going out with one of these girls.
[shows pictures of beautiful supermodels]
But for now, let me say - Without hope or agenda - Just because it's Christmas - And at Christmas you tell the truth - To me, you are perfect - And my wasted heart will love you - Until you look like this.
[picture of a mummy]
Merry Christmas."

"Com alguma sorte, no ano que vem - estarei saindo com alguma destas garotas. (fotos de modelos)
Mas, por agora, deixe-me dizer - sem esperança ou planos - só porque é Natal - (e no Natal você fala a verdade) - Para mim, você é perfeita - E meu arrasado coração vai amar você - Até que você fique assim (foto de uma múmia)."

6 - Num lago Dourado - 1981

Desta vez é a fantástica Katharine Hepburn que se declara... e em grande estilo.


"Listen to me, mister. You're my knight in shining armor. Don't you forget it. You're going to get back on that horse, and I'm going to be right behind you, holding on tight, and away we're gonna go, go, go!"

"Escute-me aqui, meu senhor. Você é meu cavaleiro em brilhante armadura. Não se esqueça disto. Você vai montar de novo neste cavalo e eu vou estar logo atrás de você, me segurando forte e, juntos, nós vamos, vamos, vamos..."


7 - Jerry Maguire - 1996

Apesar de eu detestar a atriz, a frase é fantástica... diz tudo com muito pouco.

 

"You've had me at hello!" 

"Você me ganhou no olá"  

8 - Melhor é impossível - 1997

O romantismo vem de onde menos se espera!



Melvin Udall: I've got a really great compliment for you, and it's true.
Carol Connelly: I'm so afraid you're about to say something awful.
Melvin Udall: Don't be pessimistic, it's not your style. Okay, here I go: Clearly, a mistake. I've got this, what - ailment? My doctor, a shrink that I used to go to all the time, he says that in fifty or sixty percent of the cases, a pill really helps. I *hate* pills, very dangerous thing, pills. Hate. I'm using the word "hate" here, about pills. Hate. My compliment is, that night when you came over and told me that you would never... well, you were there, you know what you said. Well, my compliment to you is, the next morning, I started taking the pills.
Carol Connelly: I don't quite get how that's a compliment for me.
Melvin Udall: You make me want to be a better man.
Carol Connelly: ...That's maybe the best compliment of my life.


"Você me faz querer ser um homem melhor" 



3 comentários:

  1. Declarações de amor são sempre especiais, são sempre lindas porque, quando verdadeiras, saem de dentro do coração, da alma. As que selecionou são ótimas. Gosto de todas, mas a declaração triste, silenciosa e sem esperanças do personagem apaixonado pela mulher de seu melhor amigo em "Simplesmente amor", sempre enche os meus olhos de lágrimas. Linda...

    ResponderExcluir
  2. Leleo, adorei esse post! Fiquei relembrando e senti um turbilhão de emoções... Obrigada pelas doces lembranças! Beijos, Val (e Ju)

    ResponderExcluir
  3. Olá amigo,uma visita para conhecer seu espaço e ler suas excelentes matérias!!
    Valeuuu..
    Abração e feliz ano novo!!

    ResponderExcluir