sábado, 19 de março de 2011

Declarações de amor no cinema 2

Julie Delpy e Ethan Hawke no lindo Antes do pôr-do-dol

Esta é a segunda lista das minhas declarações de amor favoritas do cinema. Continuo escolhendo aquelas que fogem do convencional e singelo: "Eu te amo!". 

1 - Antes do Pôr-do-sol - 2004

Canção: A waltz for a night (cena legendada)

video

Antes do Amanhecer é um dos filmes mais românticos dos anos 90, assisti-lo é testemunhar duas pessoas se apaixonando diante dos nossos olhos. Sua continuação, realizada 10 anos depois, Antes do Pôr-do-sol é igualmente linda. Neste segundo filme, a francesa Celine, interpretada pela doce e linda atriz Julie Delpy, canta uma canção que é uma bela declaração de amor para Jesse (Ethan Hawke). Para contextualizar: os dois tinham se encontrado dez anos antes na Europa, se apaixonaram, tiveram uma noite de amor. Ele precisa voltar para os Estados Unidos, então eles combinam um encontro em seis meses, não trocam telefone, nem endereço. Um imprevisto ocorre e eles só se encontram após 10 anos. A canção é linda... e ao final, temos duas falas geniais que dizem tudo sobre o futuro do casal. Ele precisa pegar um vôo, já que está só de passagem por Paris, aí ela diz: "Querido você não vai viajar". E ele responde: "Eu sei."

2 - Como se fosse a primeira vez - 2004

Canção: Forgetful Lucy (cena legendada)


Tudo bem que Adam Sandler não tenha uma filmografia muito digna de respeito, mas este filme é um exemplo de como ele pode ser um bobo adorável e romântico. Como se fosse a primeira vez  é uma comédia romântica (mas acho a situação bem dramática e choro sempre) que conta a história de um moço que se apaixona por uma amnésica e tem que a reconquistar todos os dias. A declaração de amor é feita através de uma canção... boba, mas super fofa, e, em meio a piadinhas, ele diz "Mas mesmo assim eu amo tanto ela, e nunca vou deixá-la". (Devo confessar que também acho Drew Barrymore uma figura apaixonante...) Ao final da cena, quando os dois vão dormir ele pede: "Por favor não me esqueça!". O filme tem outras cenas muito boas, como quando ele tenta chamar a atenção dela na estrada. 

3- Embriagado de amor - 2002




Esta é a declaração de amor mais violenta e menos convencional que eu já vi. Cena tirada do ótimo filme de Paul Thomas Anderson, Embriagado de Amor. Novamente temos Adam Sandler; desta vez contracenando com a fantástica atriz inglesa Emily Watson. Os personagens expressam a violência do sentimento deles de uma forma única no cinema. Ela diz: “Quero morder sua bochecha e mastigá-la”. Ele responde:  “Quero amassar o seu rosto com um martelo e esmagá-lo, você é tão linda…” E  ela finaliza: “Quero arrancar seus olhos, comê-los, mastigá-los e chupá-los". É genial, estranho, um pouco erótico e (porque não?) romântico...

Fala original em inglês:

Barry: I'm lookin' at your face and I just wanna smash it. I just wanna fuckin' smash it with a sledgehammer and squeeze it. You're so pretty.
Lena: I want to chew your face, and I want to scoop out your eyes and I want to eat them and chew them and suck on them.
[pause]
Barry: OK. This is funny. This is nice.


4- O feitiço da lua - 1987


O feitiço da lua é uma divertida comédia romântica dos anos 80 que lançou Nicolas Cage ao estrelato e deu o Oscar de Melhor atriz para Cher. Toda esta cena é muito boa, mas selecionei a parte em que o personagem de Nicolas Cage se declara para Loretta (Cher) e tenta convencê-la a se entregar ao amor. Ele diz: 

“Loretta, eu te amo. Não como eles dizem que o amor é e eu também não sabia disso, mas o amor não torna as coisas bonitas – ele estraga tudo. Ele parte o seu coração. Ele bagunça as coisas. Nós não estamos aqui para fazer coisas perfeitas. Os flocos de neves são perfeitos, as estrelas são perfeitas. Nós não! Nós estamos aqui para arruinar uns aos outros, partir nossos corações, amar as pessoas erradas e morrer. Os livros de história são bobagem. Agora eu quero que você suba as escadas comigo e deite na minha cama”.

Lindo, né? 

Fala original em inglês:

Ronny Cammareri: Loretta, I love you. Not like they told you love is, and I didn't know this either, but love don't make things nice - it ruins everything. It breaks your heart. It makes things a mess. We aren't here to make things perfect. The snowflakes are perfect. The stars are perfect. Not us. Not us! We are here to ruin ourselves and to break our hearts and love the wrong people and *die*. The storybooks are *bullshit*. Now I want you to come upstairs with me and *get* in my bed!

5 - Uma aventura na Martinica  - 1944


Este filme de Howard Hawks exala a química e a paixão entre os seus atores principais : Hunphrey Bogart e Lauren Bacall. Ele se tornou famoso por ser o filme em que o relacionamento dos dois atores começou. Nesta cena, a personagem de Bacall se declara de uma maneira muito original e atrevida ao personagem de Bogart. Após um longo jogo de sedução, ela se rende e diz uma das melhores falas do cinema:

"Você sabe que não precisa atuar comigo, Steve. Você não precisa fazer nada, nem dizer nada. Talvez apenas assoviar.Você sabe assoviar, não sabe, Steve? Basta apertar os lábios e... soprar."

Fala original em inglês:  

Slim: You know you don't have to act with me, Steve. You don't have to say anything, and you don't have to do anything. Not a thing. Oh, maybe just whistle. You know how to whistle, don't you, Steve? You just put your lips together and... blow.  


Um comentário:

  1. Adorei!!! eu tbm amo filmes românticos e por favor um dia quero receber uma declaração de amor dessas hahahahahahaha...

    lindo primo...bjim!

    ResponderExcluir